Escola, Parlamento e Sociedade
promovendo Cidadania!
Contate-nos
(51) 99171 8498

Audiência Pública - Curta Biomas

Publicada em 18/10/2017

Alunos dos ensinos médio e fundamental participaram de audiência pública promovida pela Comissão de Cidadania e Direitos Humanos (CCDH), na manhã desta quarta-feira (18), no Teatro Dante Barone. O objetivo do encontro foi ouvir as propostas dos jovens, a partir das reflexões feitas no desenrolar da Edição 2017 do Projeto Curta na Educação, que abordou o tema “Biomas”. A audiência foi proposta pelo presidente da CCDH, deputado Jeferson Fernandes (PT), e pela Associação Nacional de Educação Católica (ANEC).

Compuseram a mesa de abertura o conselheiro da Associação Nacional de Educação Católica do Brasil e diretor do Colégio Marista Assunção, professor Rui Antonio Piassini, a assessora do departamento pedagógico da Secretaria da educação, professora Janete Cavalcante, o promotor de Justiça da Promotoria Regional Ambiental da Bacia Hidrográfica do Rio Gravataí, Eduardo Coral Viegas, representando o Ministério Público Estadual, a coordenadora do Centro de Referência de Direitos Humanos da Defensoria Pública Estadual, Mariana Py Capellari, representando a Defensoria Pública, a chefe de gabinete da Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Lilian Zenker, a presidente da Comissão de Direito Ambiental da OAB/RS, Marília Longo do Nascimento.

Os participantes relataram experiências profissionais e pessoais relacionadas à questão ambiental, estimularam os jovens a refletir sobre o tema e os parabenizaram pelos trabalhos realizados. Os representantes dos alunos contaram como foi a experiência do projeto Curta Bioma e o quanto aprenderam com a iniciativa.

Antes da abertura dos trabalhos, foram apresentados três curtas selecionados entre dez escolhidos no site do projeto: O Jardim Mágico, produzido por alunos do 3º anos do ensino médio do Colégio Estadual Joaquim Fagundes dos Reis, de Passo Fundo; Vamos cuidar dos nossos Biomas: Corrente do Bem, produzido por alunos do 7º ano do Colégio Anchieta, de Porto Alegre; e Descobrindo o Manguezal, produzido por alunos do 9º anos do Colégio São José, de Pelotas. Os vídeos produzidos pelos estudantes estarão disponíveis na página da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos no facebook.

O Concurso Cultural de Produção de Curtas da Edição 2017 do Projeto Curta na Educação/Curta Biomas registrou 40 trabalhos inscritos, 37 na categoria “Curta” e três na categoria “Documentário”. Os trabalhos, que perfazem 167 minutos de vídeo, receberam 185 mil opções "votar", foram compartilhados mais de 2 mil vezes e alcançaram quase 9 mil visualizações.

Participações
Após as saudações iniciais e a exibição dos vídeos, foram convidados a compor a mesa, ao lado do deputado Jeferson Fernandes e do promotor de Justiça Eduardo Coral Viegas, a engenheira florestal da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam), Raquel Pretto, a professora Noeli Koning, do Colégio Estadual Joaquim Fagundes dos Reis, de Passo Fundo, e os alunos José Hugo Fernandes, do Colégio Santa Catarina, e Thomas Einsfeld Werner, do Colégio Anchieta.

O promotor de Justiça Eduardo Viegas explicou o seu trabalho e interagiu com os jovens, estimulando-os a falar sobre os projetos que realizaram e a desenvolverem a oratória.
A professora Noeli Koning, do Colégio Estadual Joaquim Fagundes dos Reis, de Passo Fundo, alertou para a responsabilidade de cada um na questão ambiental, chamando a atenção para pequenos gestos, como jogar um papel no chão, por exemplo. Já a engenheira florestal da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam), Raquel Pretto, destacou o caráter universal da discussão e a importância de se trabalhar o tema nas escolas.

A presidente da Comissão de Direito Ambiental da OAB/RS, Marília Longo do Nascimento, explicou que, diferentemente de outros biomas (Mata atlântica, Amazônia e Pantanal), que são protegidos pela Constituição Federal, não existe proteção específica para o bioma pampa, o mesmo ocorrendo em relação à caatinga e o cerrado. Disse que a entidade propõe uma emenda à Constituição prevendo essa proteção, mas que o cenário não era favorável. Segundo ela, era preciso lutar pelo bioma pampa, uma vez que áreas que não tinham vocação para a agricultura estavam sendo destinadas a essa atividade e a grandes projetos de mineração. "Temos que ter atenção para o que está se transformando o bioma", disse.

O presidente da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos, deputado Jeferson Fernandes, apontou a relação direta dos temas em discussão na audiência com aqueles que dão nome à comissão, uma vez que a conscientização era um exercício de cidadania e que a defesa da natureza era a defesa também do ser humano. Ainda referiu iniciativas da Assembleia Legislativa relacionadas à audiência, como o projeto Deputado por um Dia, pelo qual jovens vivenciam a atividade parlamentar, e a Subcomissão para tratar da produção, comercialização e consumo de produtos orgânicos e agroecológicos, da qual é relator.

Confira o álbum fotográfico: http://www2.al.rs.gov.br/fotografia/ExibeAlbum/tabid/5333/Default.aspx?IdAlbum=21945&IdxFotografia=0 

Fonte: http://www2.al.rs.gov.br/noticias/ExibeNoticia/tabid/5374/IdMateria/311793/language/pt-BR/Default.aspx

Marinella Peruzzo - MTE 8764 | Edição: Letícia Rodrigues - MTE 9373 | Foto: Guerreiro

Fonte: ALRS

Confira outras notícias